Solidariedade da Sorte


       Foto: Reprodução/Pixabay

Enquanto no Brasil houve queda de 12,6% no número de homicídios entre 2009 e 2019, a Bahia está na contramão e registrou crescimento de 12,6% nesse período. O dado consta no Atlas da Violência 2021, elaborado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, e divulgado nesta terça-feira (31).

O documento mostra que a Bahia registrou em 2009 5.432 homicídios e em 2019 o total foi de 6.118. Enquanto os números no país foram de 52.043 em 2009 e 45.503 em 2019.

Ao olhar os número de homicídios de 2018 e 2019, os dados mostram que houve redução de 9,9% na Bahia. No país a queda foi de 21,5%.

Em relação a taxa de homicídios, o Atlas mostra que a Bahia teve 41,1 ocorrências a cada 100 mil habitante em 2019, menor que a taxa de 2018 (45,8), mas ainda com situação mais grave que a registrada no país. Isso porque em 2019 o Brasil registrou 21,7 homicídios a cada 100 mil habitantes.

Na série histórica dos últimos 11 anos (2009-2019), a taxa de homicídio na Bahia cresceu 10,8%, enquanto nacionalmente caiu 20,3%.

O documento destaca que a Bahia está entre os estados com problemas nas notificações e que contribuíram com a piora substancial da qualidade dos dados. O fato, segundo o Fórum, "inviabiliza uma análise mais precisa da evolução dos homicídios nas Unidades Federativas".

Diferente do Anuário Brasileiro da Segurança Pública, também elaborado pelo Fórum, o Atlas da Violência se baseia nos dados SIM/MS e das denúncias recebidas pelo Disque 100.

Fonte: Bahia Notícias

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

estado solidario

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA