Solidariedade da Sorte


Projetos para fomentar a atividade turística no município de Jacobina, no norte da Chapada Diamantina, foram discutidos entre o secretário estadual Maurício Bacelar e a vice-prefeita da cidade, Kátia da Saúde, nesta segunda-feira (5), na sede da Secretaria de Turismo do Estado (Setur). No encontro, que contou também com o diretor de Turismo de Jacobina, Túlio Simões, entre outros, foram apresentadas demandas para melhorar a infraestrutura do distrito de Itaitu e de localidades como Cachoeira dos Alves, Jenipapo e Caatinga do Moura.

O secretário Maurício Bacelar sugeriu a efetivação de um calendário de eventos com o objetivo de manter um fluxo turístico permanente. "A ideia é aproveitar eventos já tradicionais da cidade, como Carnaval, São João e Cavalgada, competições esportivas como o enduro e campeonato de voo livre, além de um festival gastronômico, para atrair os turistas durante o ano todo", disse.

Na Serra da Amizade há uma rampa de voo livre, para saltos de asa delta, com vista panorâmica. O local, onde também são realizadas competições, atrai adeptos de todo o Brasil. Outra modalidade turística muito praticada em Jacobina é o cicloturismo, que, segundo a vice-prefeita, já atraiu até mil esportistas.

Há ainda os potenciais naturais da região, fértil em cachoeiras, serras, lagos, rios e fontes. Um dos povoados mais antigos de Jacobina, Itaitu preserva casario antigo e oferece atrativos para o turismo de natureza e de trilha, além de potencial para o turismo rural. A cachoeira Véu de Noiva é um de seus principais atrativos. Um dos projetos dos gestores é transformar o distrito em vila sustentável, para minimizar os impactos ambientais.

"Precisamos de um plano efetivo urgente para essa localidade, pois ela necessita de ordenamento e de uma política de preservação", disse Kátia da Saúde. Uma das ideias, sugerida por técnicos da Setur, é transformar a região em destino inteligente, com o uso estratégico de infraestrutura e tecnologia para o planejamento e solução de questões sociais e econômicas.

Entre outras demandas apresentadas para o incremento do turismo em Jacobina estão a construção de um posto de informações turísticas; a valorização de sítios arqueológicos, o fortalecimento da cadeia produtiva do doce e a recuperação de casas antigas em Caatinga do Moura; a preservação e o fomento ao Caminho Real e projetos de capacitação da mão de obra.

Uma equipe de técnicos da Setur deverá visitar a região para avaliar as demandas e fazer um estudo das potencialidades a serem desenvolvidas.
Fonte: Gov/BA





Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

POLICLINICA SERRINHA

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA