Solidariedade da Sorte

Imagem: iStock


A Organização Mundial da Saúde (OMS) quer reduzir o consumo de sal no planeta até 2025, após reunir dados de 41 países para definir os índices de sódio. A OMS começou a desenvolver as referências das quantidades em 2020.

A organização recomenda que cada pessoa consuma até 5g de sal por dia, equivalente a 2g de sódio. Essa quantidade corresponde a uma colher de chá rasa de sal. Segundo o estudo, 11 milhões de pessoas morrem por ano devido a uma dieta pobre em nutrientes, sendo que 3 milhões delas podem ser atribuídas à alta ingestão de sódio. O consumo elevado de sal aumenta a pressão arterial e eleva problemas cardiovasculares, a principal causa de morte no planeta (32%) devido a doenças não infecciosa. A redução pode melhorar doenças renais crônicas, obesidade, câncer de estômago e outras doenças hepáticas.

O abuso do sal também se reflete em sinais do corpo: sede, pressão alta, inchaço e ganho de peso. Isso acontece porque a substância faz o nosso corpo reter água para equilibrar a concentração dos íons e deixar o organismo em homeostase.

Fonte: Bahia Notícias

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

GOVERNO COVID

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA