Solidariedade da Sorte

                                                                  Da Redação

O ex-juiz Jorge Jansen Couñago Novelle, de 61 anos, foi preso após agredir um funcionário de uma pousada, ameaçar o dono de morte e desacatar policiais militares em Santo Amaro do Maranhão (MA), na última quarta-feira (28). As informações são do Uol.

Imagens de câmeras de segurança da pousada mostram o ex-juiz agredindo um dos funcionários do estabelecimento e chamando-o para briga. Na sequência, Jorge é expulso do local, mas retorna segurando um pedaço de madeira e fazendo ameaças. Mais tarde, Jorge foi detido por policiais na saída da pousada. Ele aparece na gravação segurando uma garrafa de bebida alcoólica.

 

Conforme o Boletim de Ocorrência do caso, o dono da pousada contou que Jorge se apresentou como “juiz federal”, estava “bastante alterado” e com sintomas de embriaguez. Em seguida, o ex-juiz teria o ameaçado de morte prometendo dar “um tiro na cabeça e no peito” dele.

Na delegacia, Jorge foi autuado em flagrante pelos crimes de injúria e desacato, já que teria insultado os policiais que atenderam a ocorrência. Após o pagamento de fiança de seis salários mínimos, ele foi liberado.

A reportagem do Uol tentou falar com o ex-juiz, mas não o encontrou. Em 2018, Jorge foi flagrado atirando contra o médico Pedro Augusto Guerra, no Rio de Janeiro. O médico não ficou ferido. Na época, o caso foi enviado ao Tribunal de Justiça do Rio e Jorge, que atuava na 5ª Vara Cível do Rio de Janeiro, foi aposentado compulsoriamente.

Fonte: Uol

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

GOVERNO COVID

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA