Solidariedade da Sorte


 Atividades repletas de aprendizagens e diversão marcaram a manhã de 30 jovens assistidos pela Apae Jacobina na sexta (9). Em um espaço aberto, acompanhados por uma equipe multidisciplinar, que conta com profissionais de fisioterapia, psicologia, de apoio e também por familiares, os alunos puderam participar de diversas oficinas lúdicas.

Arte e fotografia estiveram dentro do roteiro proposto, assim como a oficina de corporeidade, que visa estimular o desenvolvimento do corpo e da mente. Também foi oferecida a equitação terapêutica, método que traz benefícios para pessoas com deficiência. 

Aliadas ao contato com a natureza, as atividades possibilitaram aos alunos experiências importantes, pois “além de trabalharem a sociabilidade e desenvolvimento cognitivo/sensorial, ajudam a promover saúde mental”, afirma Kátia Leite, diretora administrativa da Apae Jacobina.

A ação, que ocorreu em maior parte ao ar livre, respeitou todos os protocolos recomendados pelas entidades de saúde, como a obrigatoriedade do uso de máscara. No local foram instalados dispensers de álcool em gel e lavatórios com sabonete líquido e papel toalha. Além disso, o espaço passou por uma vistoria da vigilância sanitária e recebeu o alvará de funcionamento.

As oficinas fazem parte da programação que inaugura as práticas do NATEA – Núcleo de Atendimento ao Transtorno do Espectro Autista, projeto fruto da parceria entre o CER II/APAE e o Haras Cidade do Ouro. A iniciativa, que começou a funcionar em caráter experimental, pretende oferecer equoterapia para crianças atendidas pela Apae.

Fonte: Jornal Bahia

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

GOV EDUCA

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA