Solidariedade da Sorte

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA

Todas as atividades comerciais retomam à normalidade a partir desta quarta-feira (3) em Jacobina e toda a região. O fim das restrições às atividades não essenciais, o chamado lockdown, no interior do estado foi confirmado pelo governador Rui Costa. O prefeito de Jacobina, Tiago Dias, também informou que o comércio volta a funcionar a partir desta quarta sem as restrições.

O prefeito disse que, depois de um dia com muitas discussões, entendimento, diálogo com a Associação Comercial e Industrial de Jacobina (Acija), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Ministério Público, Governo da Bahia, prefeitos da microrregião, Sindicato dos Bancários, Associação de Pastores, comerciantes da feira livre e pessoas da sociedade, ficou decido que a partir desta amanhã o comércio de Jacobina volta a funcionar.

"Há um compromisso também dos empresários e das empresárias, de também criar seu plano individual de combate à pandemia e de respeito às normas sanitárias. E eu tenho certeza, que depois dessa discussão, de todo esse entendimento, nós teremos dias melhores para o comércio e dias melhores para o município de Jacobina, disse o prefeito Tiago Dias.

Lockdown e toque de recolher

Hoje, o governador anunciou que vai publicar decreto prorrogando o fechamento do comércio e das atividades não essenciais apenas na Região Metropolitana de Salvador. Em todo o interior do estado, o comércio volta a funcionar normalmente a partir desta quarta-feira. Entretanto, Rui Costa disse que aos sábados e domingos, durante o mês de março, todas as cidades da Bahia devem suspender suas atividades comerciais não essenciais.

O prefeito de Jacobina não informou se as feiras livres que ocorrem em todo o município serão modificadas para outro dia ou permanecerão aos sábados, mesmo com a restrição imposta pelo Governo da Bahia.

O governador também estendeu o toque de recolher, que restringe a circulação de pessoas das 20h às 5h, até o dia 31 de março. Durante todo o mês, só poderá circular à noite pelas ruas das cidades baianas, o cidadão que comprovar a necessidade. Em caso de descumprimento, a pessoa poderá ser presa e responder na justiça por crimes de desobediência.

Fonte: Jacobina Notícias

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

GOVERNO COVID

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA