Solidariedade da Sorte

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA


Ao longo da madrugada de 1º de janeiro, a Polícia Militar encerrou 18 aglomerações e festas privadas de Réveillon. Os flagrantes aconteceram em Salvador, na Região Metropolitana e também no interior do estado.

Em Trancoso, por exemplo, distrito de Porto Seguro, os agentes flagraram novos encontros ilegais em condomínios de alto padrão. Apenas em dois deles, os PMs encontraram cerca de 700 pessoas. Em um dos imóveis, equipamentos profissionais de som foram apreendidos.

Na mesma região, em Arraial D'Ajuda, equipes do 8º Batalhão de Polícia Militar acabaram com mais quatro festas que desobedeciam o decreto estadual. Três delas ocorriam em via pública e uma na área de um imóvel, com cerca de 100 pessoas.

Ainda no interior, o balanço da PM também contabiliza o encerramento de festas nas cidades de Barreiras, Ipirá e Irecê.

Já em Salvador e na RMS, os policiais militares flagraram cerca de 100 pessoas sem máscara, em uma chácara, em Monte Gordo. Guarnições da 59ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Vila de Abrantes) dispersaram os participantes e encontraram ainda uma arma de brinquedo e porções de droga no local.

Outra festa irregular culminou na prisão de quatro suspeitos de assaltos a bancos. Eles faziam uma festa em uma casa de Vilas do Atlântico quando foram surpreendidos por policiais. Dois ainda tentaram fugir, indo para a casa vizinha e fazendo um menino de 11 anos de refém, mas depois se renderam sem ferir a criança.

Além desses casos, aglomerações também foram encerradas nos bairros de  Sussuarana, Arenoso, Castelo Branco, Stella Maris, São Marcos e Pau da Lima, em Salvador, e em Camaçari.

Fonte: Bahia Notícias


Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

GOVERNO EMBASA

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA