Solidariedade da Sorte

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA

      Foto: Divulgação

Exames gratuitos de mamografia realizados pelo projeto do Núcleo de Promoção à Saúde (NPS), do Instituto Nacional de Tecnologia e Saúde (INTS), beneficiaram 160 mulheres em Salvador, neste fim de semana (8 e 9). As pacientes atendidas são moradoras do bairro Nova Esperança

A ação contou aconteceu na sede Associação Beneficente dos Moradores do bairro Nova Esperança (Abene). Nas sexta-feira (8) mulheres fizeram o exame e no sábado (9), mais 80 pacientes foram beneficiadas com o projeto.

A coordenadora da Ação de Mamografia, Fabiana Leite, destaca a importância de já iniciar 2021 com mais uma edição do projeto. “Saber que levamos um serviço à população muito precioso, já que o câncer de mama é a doença que mais acomete o público feminino. Ele é classificado como o segundo tipo que mais acomete a população e o que mais mata”, lembra. A profissional ressalta ainda que se a doença for diagnosticada precocemente, o paciente tem 95% de chance de cura.

O projeto funciona desde junho de 2017, com o objetivo de levar saúde pública à população carente de Salvador.

Com a pandemia a maneira como o projeto acontece mudou um pouco. A atividade passou a contar com a distribuição prévia de senhas para evitar aglomeração, além de adotar uma série de medidas de prevenção para garantir a segurança de todos os pacientes e profissionais envolvidos. O uso de máscara é obrigatório, os pacientes são submetidos a aferição de temperatura, e no local o distanciamento é mantido entre as cadeiras, assim como o uso dos equipamentos de proteção individual recomendado para os profissionais atuantes na ação. Além disso há álcool em gel 70% disponível e as equipes de limpeza realizam higienização frequente das mesas, cadeiras, canetas e equipamentos.

O NPS realiza uma pesquisa de bairro para saber qual localidade está com carência nesse tipo de exame, além de contar com a parceria das associações de moradores. Para o presidente da Abene, Osvaldo Bernardinho, receber a atividade pela primeira vez é de fundamental importância para o público assistido pela Associação, que já que muitas beneficiadas relataram a dificuldade de marcar exames diante do alto valor cobrado. “Até no meio da pandemia, que temos que ter todo o cuidado, seguiu toda a orientação. A ficha, a questão do distanciamento, elas estão todas felizes”, celebrou.

Fonte: Bahia Notícias

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

GOVERNO COVID

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA