Solidariedade da Sorte

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA
(Imagem: Divulgação/Polícia Militar)

Uma denúncia anônima levou policiais a encontrarem um menino de 11 anos que era mantido por um casal em cárcere privado dentro de um barril em Campinas (SP).

A criança, que foi resgatada neste sábado (30), apresentava quadro de desidratação e desnutrição profunda e conta que chegou a comer fezes para tentar sobreviver.


O policial Mike Jason, que acompanhou a ocorrência, descreveu a situação em que o menino foi encontrado como ‘desoladora’. “Ele revelou que chegou a comer fezes porque não davam comida para ele. Faz 23 anos que estou na polícia, e a gente já viu de tudo, mas isso nunca”.


Quando os policiais chegaram no local, a criança estava acorrentada dentro do barril. O casal utilizava uma peça pesada de mármore para tampar o barril, e o menino permanecia a maior parte do tempo na escuridão.

Segundo a polícia, a criança não é filha biológica do casal. “O homem disse que uma mulher com quem ele teve relação afirmava que o filho era dele. Essa mulher abandonou o menino com ele e a atual companheira”, explicou Mike Jason.

A criança foi encaminhada para o Hospital Ouro Verde. Na unidade de saúde, o menino disse à equipe de enfermagem que os tratamentos eram ainda piores. “O homem jogava água sanitária e água gelada para dar banho nele”, relatou um profissional de saúde.

Por conta do estado de saúde delicado, o Hospital informou que não há previsão de alta. O casal foi preso em flagrante.

Fonte: Pragmatismo Político

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

GOVERNO INFRA

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA