Solidariedade da Sorte

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA

         Por: Reprodução/Rede GN  Por: Redação BNews

A sede da Secretaria Municipal de Saúde de Juazeiro, no norte da Bahia, foi alvo da Operação Efeitos Adversos deflagrada pela Polícia Federal (PF), em conjunto com a Controladoria Geral da União (CGU), na manhã desta quarta-feira (16). De acordo com a PF, foram cumpridos 14 mandados de busca e apreensão e quatro mandados de prisão temporária expedidos pela Justiça.

Ainda segundo a Polícia Federal, as investigações revelaram a atuação de uma organização criminosa voltada para a prática de crimes de fraude a licitações e superfaturamento de contratos para fornecimento de medicamentos a diversas prefeituras dos Estados da Bahia e de Pernambuco, no período compreendido entre 2013 a 2018. Foram constatados, ainda, indícios de pagamento de propina a servidores públicos de alguns dos municípios contratantes, além de indícios de lavagem dos recursos obtidos a partir das fraudes. A PF não informou os nomes das demais cidades investigadas.

O valor total dos contratos firmados com vinte e oito prefeituras alcança aproximadamente R$ 34 milhões, até novembro de 2018. Dessas prefeituras, quatro foram fiscalizadas pela CGU, que apurou um prejuízo de R$ 1.812.988,97 entre superfaturamento e despesas não comprovadas, em relação aos pagamentos realizados até novembro de 2018.

Em nota, a Secretaria Municipal da Saúde de Juazeiro, informou que "está contribuindo com a apuração dos fatos pela Polícia Federal e órgãos de controle da União, reiterando que confia na Justiça".

Fonte: BNews

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

GOVERNO EMBASA

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA