SOLIDARIEDADE DA SORTE

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA

O Flamengo viveu uma tarde para esquecer neste domingo no Maracanã. O Rubro-Negro foi goleado por 4 a 1 pelo São Paulo e deixou escapar a chance de assumir a liderança do Campeonato Brasileiro. Pedro abriu o placar para o time carioca, enquanto Tchê Tchê, Brenner, Reinaldo, de pênalti, e Luciano fizeram para os visitantes.

O Rubro-Negro iniciou a partida a todo vapor. Logo aos 5 minutos, Vitinho ganhou de cabeça na intermediária e a bola ficou com Pedro. O camisa 21 fez boa jogada, se livrou da marcação e bateu de fora da área com o pé esquerdo para abrir o placar. Com isso, o artilheiro rubro-negro chegou a 18 gols em 35 jogos na temporada.

Após abrir o placar, o Flamengo conseguiu ter mais a bola, mas o São Paulo foi mais eficiente e soube explorar os erros da equipe carioca. Aos 17, Gabriel Sara aproveitou o espaço deixado pelo lado direito da defesa rubro-negra e cruzou. Natan, de cabeça, cortou mal, para o meio da área, e a bola sobrou para Tchê Tchê chutar bem e empatar a partida.

O Rubro-Negro teve a chance de reagir pouco depois. O árbitro Caio Max Vieira recorreu ao VAR para marcar pênalti de Diego Costa em Éverton Ribeiro. No entanto, Bruno Henrique bateu mal e parou na defesa do goleiro Tiago Volpi.

No fim da primeira etapa, o Flamengo voltou a ser castigado por suas falhas individuais. Reinaldo chegou ao ataque pelo lado esquerdo e cruzou rasteiro. Gustavo Henrique cortou mal e a bola sobrou para Brenner, que mandou para o fundo das redes e levou o São Paulo para o vestiário em vantagem no placar.

Após a volta para o segundo tempo, o São Paulo passou a dominar a partida e criar boas oportunidades. Gustavo Henrique, que viveu uma tarde desastrosa, voltou a errar e cometeu pênalti infantil em Bruno Alves, marcado novamente com ajuda do árbitro de vídeo. Na cobrança, Reinaldo bateu firme e ampliou a vantagem do time paulista.

O Flamengo tentou esboçar uma reação após o terceiro gol do São Paulo, mas era pouco criativo. A chance de encostar no placar veio aos 18 minutos, após Gerson fazer boa jogada individual e ser derrubado na área. Desta vez, Pedro foi o escolhido para a cobrança, mas o resultado foi o mesmo: novamente defesa de Tiago Volpi.

Após o baque, o Flamengo tentava criar no ataque, mas sem sucesso. Aos 37, a zaga rubro-negra, em péssimo dia, voltou a falhar. Tiago Volpi lançou do campo de defesa e Luciano ganhou a bola nas costas de Natan para marcar e dar números finais a partida: 4 a 1.

Com a derrota, a equipe de Domènec Torrent se manteve na segunda colocação, com 35 pontos, empatado com o Internacional, mas com menos saldo de gols. A próxima partida pelo torneio será no próximo domingo, contra o Atlético-MG, às 18h15, no Mineirão.
Fonte: O Dia

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

GOVERNO DA BAHIA

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA