SOLIDARIEDADE DA SORTE

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA

 

O auxílio emergencial está previsto para durar até dezembro, mas, para a maioria dos brasileiros, o benefício deveria ser prorrogado nos primeiros meses de 2021. Para 68% da população, essa deve ser a medida adotada se o governo federal não conseguir implementar um novo programa de renda.


Esse número foi extraído da pesquisa XP Ipespe, que ouviu mil pessoas no período de 8 a 11 de outubro. O levantamento tem margem de erro de 3,2 pontos percentuais.


Ao separar os entrevistados em dois grupos, 65% daqueles que não recebem o auxílio apoiam essa ideia. Já entre os beneficiários do programa emergencial, 73% defendem a manutenção do auxílio no início do próximo ano. No entanto, apenas 22% das pessoas nesse grupo dizem acreditar que serão contempladas pelo novo programa de transferência de renda, ainda em fase de discussão no governo federal.


Há algumas semanas, o governo busca uma forma de financiar esse novo programa, atualmente batizado de “Renda Cidadã”. Porém, ainda não encontrou uma saída para os custos que não fure o teto de gastos. A ideia é que o projeto substitua o Bolsa Família.

Fonte: Bahia Notícias


Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA