SOLIDARIEDADE DA SORTE

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA

Dona Marieta de Jesus Vieira, 72 anos, moradora do distrito de Lages do Batata de Jacobina, está insatisfeita com a Caixa Econômica Federal.

O seu esposo Sotero Evangelista da Silva ao falecer, deixou o valor de R$ 1.700,00 em uma conta poupança na agência, que alega não poder liberar o valor, mesmo sendo apresentado a Certidão de Óbito e a Certidão de Casamento.

Segundo Edivan Santos (27) que é neto do falecido, a agência pede um alvará assinado por um juíz para liberar o dinheiro, porém, a ação terá que ser feita através de um advogado, que relatou não compensar pegar a causa, por ser pouca grana.

Ao procurar a Promotoria Pública, Edivan ficou sabendo também que o órgão não dispõe de advogado gratuito para este tipo de causa e agora, o mesmo já não sabe o que fazer.

"Acho um absurdo, mesmo apresentando os documentos, minha avó não obteve o direito de sacar o dinheiro. Ela realmente precisa, principalmente para comprar remédios, pois o seu benefício (Loas) malmente dar para cobrir as suas despesas mensais" disse Edivan Santos.

Quem puder ajudar dona Marieta a obter os seus direitos, favor entrar em contato com o seu neto Edivan Santos pelo: (74) 9.8827-0093 ou 9.8843-9487.

Fonte: Augusto Urgente!


 

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

GOVERNO DO ESTADO

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA