SOLIDARIEDADE DA SORTE

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA
A Polícia Civil da Bahia (PC-BA) indiciou por tentativa de feminicídio o namorado da médica Sáttia Loreno Patrocínio Aleixo, tendo por base o episódio da queda da profissional de saúde do quinto andar de um prédio no bairro Armação, em Salvador. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (3) pela delegada Bianca Andrade, titular da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam/Brotas).

À época da ocorrência, em 20 julho, o homem, identificado por Rodolfo Cordeiro Lucas, chegou a ser preso em flagrante e um dia depois teve a prisão convertida em preventiva. No entanto, a decisão foi revogada dias depois. 

De acordo com a PC, a vítima foi encontrada no chão do prédio após uma discussão com o companheiro. Após sair do hospital, a vítima afirmou não lembrar do que aconteceu no dia. 

RELEMBRE O CASO 

O caso ocorreu na madrugada do dia 20 de julho. Sáttia foi internada em estado grave no Hospital Geral do Estado (HGE), onde os dois trabalhavam, até que na última semana foi transferida para outra unidade de saúde. Enquanto isso, a Polícia Civil dá prosseguimento às investigações, mas os detalhes e desdobramentos do caso não estão sendo divulgados.

A família de Sáttia aponta que ela vivia um relacionamento abusivo e acusa Cordeiro Lucas de tê-la jogado do quinto andar. Uma vizinha do prédio em que a médica morava antes de se mudar para viver com o companheiro também relatou que a relação dos dois era marcada por brigas. 

Já o médico nega as acusações, diz que ela se pendurou na janela do apartamento e que ele até tentou ajudá-la. Segundo Cordeiro Lucas, Sáttia se dopava e estava depressiva, o que a família nega.

Fonte: Bahia Noticias 

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

GOVERNO DO ESTADO

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA