SOLIDARIEDADE DA SORTE

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA

Uma jovem de 21 anos foi conduzida pela Polícia Militar de Minas Gerais, na última segunda-feira (21), após registrar um boletim de ocorrência simulando ter sido assaltada e estuprada em Ipatinga (MG).

De acordo com a polícia, a mulher é moradora de Governador Valadares, Minas Gerais, e havia dito que foi abusada e assaltada entre a rodoviária de Ipatinga e Governador Valadares. No relato, a mulher contou que um taxista clandestino teria sido o autor do crime.

Após a polícia realizar buscas pela identificação do suspeitos com o auxílio de câmeras de segurança, entrado em contato com a rodoviária, conversado com outros motoristas e convidados do evento que supostamente ela estaria, antes do assalto, os militares suspeitarem que a história poderia ser falsa.

Ao entrar em contato novamente com a suposta vítima, diante dos familiares, a jovem confessou que inventou a história para que pudesse ganhar seguidores nas redes sociais.

De acordo com a PM, uma testemunha do caso revelou que antes do acontecimento, ela contou para a jovem que tinha ganhado muitos seguidores e recebido doações por meio de uma vaquinha após passar por um incidente.

A testemunha ianda revelou que durante a conversa, a suposta vítima teria se mostrado interessada com a experiência. Além disso, a testemunha também confessou ter ajudado a amiga a gravar um vídeo pedindo ajuda em um matagal, relatando o assalto e o abuso.

Na delegacia, a “falsa vítima” revelou que o sangue que aparece no vídeo surgiu através de uma gengitive e que ela mesma teria ragasgado as roupas.

Após confissão, a jovem assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por comunicação falsa de crime.

Fonte: Varela Notícias

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA