SOLIDARIEDADE DA SORTE

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA

Com o possível retorno do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao PSL, já até indicando possíveis nomes para expulsão de alguns quadros da legenda, além da dificuldade na coleta de assinaturas para a formalização do partido nacionalmente, os apoiadores do Aliança pelo Brasil na Bahia seguem buscando apoiadores.

Líderes da criação da Bahia de acordo com a apuração do Bahia Notícias, os deputados estaduais Capitão Alden (PSL) e Talita Oliveira (PSL), seguem em suas legendas. A deputada acredita que não há nenhuma conversa entre o presidente Bolsonaro e o PSL, e que isso não passa de especulação.

"Tanto que o presidente decidiu não se envolver nas eleições municipais porque o Aliança Pelo Brasil não está pronto. As movimentações para criar o Aliança, por outro lado, seguem a todo vapor. É impressionante o apoio popular que o partido tem em todo Brasil. Nunca houve, na história do país, um partido que nascesse com tanto clamor popular. Como organizadora aqui na Bahia, a nossa função é continuar buscando apoiadores e fichas para atingir o coeficiente necessário", disse.

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) já tinha sinalizado em 2019 a possibilidade do ex-prefeito de Feira de Santana, Zé Ronaldo (DEM), ser o comandante da Aliança pelo Brasil na Bahia. Atualmente o Ronaldo tem como foco o apoio na campanha de reeleição do prefeito de Feira de Santana Colbert Martins (MDB), com quem compõe o bloco.

Pastor Tom (PSL) segue envolvido no processo que pode culminar com a cassação do mandato e tenta provar sua inocência da condenação. 

Entusiastas do presidente, os vereadores Alexandre Aleluia (DEM) e o pré-canditado a prefeitura de Salvador, Cézar Leite (PRTB) também seguem em outras legendas mesmo apoiando a criação da legenda. "O Flávio [Bolsonaro] deu para que os candidatos procurassem os partidos. Está meio parado [a criação], até em nível nacional", pontuou Leite ao BN.

O partido que o presidente Jair Bolsonaro pretende criar tem cerca de 3 mil filiações homologadas pela Justiça Eleitoral. São necessárias mais de 490 mil para consumar a criação da legenda. No entanto, de acordo com apuração do Poder 360, já foram preenchidas 150 mil fichas, que precisam ser entregues.

Fonte: Bahia Noticias 

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

GOVERNO DO ESTADO

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA