SOLIDARIEDADE DA SORTE

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA

O estudante do curso de relações internacionais da Universidade de São Paulo (USP), Braz Cardoso Neto, foi expulso da instituição após decisão tomada no primeiro julgamento de fraude de cotas raciais e sociais da história da universidade.

Braz alegou em seu ingresso a USP — através do Sisu 2019 — que era pardo, que tinha ascendência negra e que era de baixa renda, no entanto acabou não provando nenhuma das declarações. O processo durou mais de um ano e ainda cabe recurso à decisão. Apesar do processo interno, de acordo com membros do comitê, o caso ainda poderá parar na Justiça comum.

De acordo com as investigações conduzidas pela universidade, o estudante viajava constantemente, inclusive para passeios internacionais, além de possuir carro próprio, o que contraria a versão declarada inicialmente, em que Braz alegou utilizar transporte pública para a ida às aulas.

Fonte: BNews

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

GOVERNO DO ESTADO

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA