SOLIDARIEDADE DA SORTE

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA


Cabo da Força Tática do 32º BPM/I, por motivos a serem apurados, se desequilibrou da aeronave. Alexandre Luís Batista tinha 43 anos.

Um policial militar morreu após cair do Helicóptero Águia durante um treinamento realizado em um aeródromo particular, em Álvares Machado (SP), na manhã desta quinta-feira (16). O cabo Alexandre Luís Batista, de 43 anos, chegou a ser socorrido e levado para o Hospital Regional (HR), em Presidente Prudente (SP), em estado considerado gravíssimo, conforme informou a corporação ao G1, mas não resistiu aos ferimentos.

O Hospital Regional informou que o paciente deu entrada no pronto-socorro da unidade e recebeu todos os cuidados da equipe médica e multiprofissional. Porém, segundo o hospital, o óbito foi confirmado às 11h40.

De acordo com as informações repassadas pela corporação ao G1, era realizado um treinamento conjunto entre a Força Tática do 32º Batalhão da Polícia Militar do Interior (BPM/I), de Assis (SP), e o Grupamento Aéreo na região próxima ao Condomínio Valência 1, quando, por razões a serem esclarecidas, Alexandre Luís Batista se desequilibrou e caiu da aeronave.

O policial, que era cabo da PM e integrava a Força Tática, em Assis, caiu de cerca de oito a dez metros de altura, ainda conforme informou a corporação ao G1.

Fonte: G1

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

GOVERNO DA BAHIA

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA