SOLIDARIEDADE DA SORTE

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA

O prefeito ACM Neto (DEM) pediu rigor no tratamento das prefeituras do interior da Bahia com as medidas para evitar avanços do coronavírus. Em entrevista à TV Bahia, na manhã desta quarta-feira (08), o democrata afirmou que a redução da taxa de ocupação dos leitos da capital também depende do interior do estado, principalmente na região metropolitana e outras cidades mais próximas da capital baiana.

“No início da pandemia, o número de pessoas que moram em Salvador e que ocupam leitos de UTI em Salvador chegou a mais de 90%. Agora, esse número é inferior a 60%. Ou seja, cada vez mais os leitos da capital estão sendo ocupados por pessoas do interior. Nós aqui jamais fizemos qualquer discriminação com quem é do interior ou da capital. Nós aceitamos e entendemos que temos que receber todo mundo. O sistema é um só e a vida do interior importa tanto quanto a vida da capital”, afirmou.

A taxa de ocupação está atualmente em 79%, mas é necessário que seja reduzida para 75% ou menos para que a primeira fase de retomada do comércio seja iniciada. Na terça (07), durante o anúncio do protocolo de retomada criado pela prefeitura de Salvador e o governo do estado, o mandatário da capital baiana afirmou que até o final de julho, 75 novos leitos serão abertos em Salvador.

“Não vamos reduzir essa taxa se o interior também não fizer a sua parte e não contiver o encaminhamento de pacientes para a capital”, continuou.

Fonte: Varela Notícias

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

GOVERNO DO ESTADO

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA