SOLIDARIEDADE DA SORTE

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA
Ex-assessor e ex-motorista do senador Flávio Bolsonaro é investigado por participação em suposto esquema de ‘rachadinha’ na Alerj.


Um vídeo divulgado pela Polícia Civil de São Paulo mostra o momento em que Fabrício Queiroz, ex-assessor e ex-motorista do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), é encontrado e preso em uma casa em Atibaia, no interior de São Paulo. O imóvel pertence a Frederick Wassef, advogado da família Bolsonaro. Queiroz foi transferido de helicóptero para o Rio de Janeiro, às 10h desta quinta-feira (18).


Ele o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil, no Centro da capital paulista, por volta das 9h50 e foi levado para o Aeroporto do Campo de Marte, na Zona Norte da cidade. No Rio, ele deverá ir para o presídio de Benfica. O mandado de prisão foi expedido pela Justiça do Rio de Janeiro, em um desdobramento da investigação que apura esquema de “rachadinha” na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). Queiroz foi encontrado em um imóvel de Frederick Wassef, advogado da família Bolsonaro. Após ser preso, ele passou pelo Instituto Médico Legal e levado à sede do DHPP. 


Há um ano no local

Segundo o delegado Nico Gonçalves, responsável pela operação em São Paulo, um dos caseiros que estava na casa onde Fabrício Queiroz foi disse que ele morava no local há cerca de um ano. “O caseiro informou que ele estava por volta de um ano aqui. Tinham dois funcionários no fundo da casa, em uma edícula”, revelou o delegado em entrevista à GloboNews. Em setembro de 2019, quando não se sabia o paradeiro de Fabrício, Wassef disse ao programa Em Foco não saber onde estava o ex-assessor, e afirmou não ser o advogado dele.


Ainda de acordo com o delegado, dois celulares foram apreendidos pela equipe do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado de São Paulo), além de documentos e uma quantia em dinheiro ainda não especificada. “Dois celulares foram apreendidos, alguns documentos que o Gaeco apreendeu que pode ser interessante para eles, e um pequeno valor que foi apreendido com ele, que eu não sei exatamente a quantia”, disse Nico Gonçalves. O delegado também informou que Queiroz estava dormindo no momento da prisão, ficou surpreso, mas não ofereceu resistência. Teria dito apenas que estava doente.


“Ele estava dormindo, tranquilo, se mostrou surpreso, e só falou que está com a saúde muito abalada. Por isso estamos levando ele para um médico da policia”, afirmou o delegado. Nico explicou que foi necessário arrombar a porta e cortar uma corrente para conseguir entrar no imóvel. “Nós tocamos a campainha, talvez pelo adiantado da hora, eles não escutaram. Tinha uma corrente, nós precisamos cortar a corrente, e abrir a porta meio forçada para poder chegar até ele.” Queiroz foi preso por volta das 6h desta quarta em uma ação da Polícia Civil de São Paulo e do Ministério Público de SP. Por volta de 8h20, ele chegou à sede da Polícia de São Paulo. // G1.

Fonte: G1


Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA