Dia da Bandeira é lembrado com hasteamento em Jacobina - AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA

Destaque

Dia da Bandeira é lembrado com hasteamento em Jacobina

Ao som das filarmônicas 2 de Janeiro e Rio do Ouro, foi que na manhã desta terça-feira, 19, Dia da Bandeira, a Prefeitura de Jacobina por meio da sua Secretaria Municipal da Educação e Cultura - Semec, reuniu colaboradores, professores e alunos em um ato cívico de hasteamento do Pavilhão Nacional, na Praça da Bandeira, no Bairro do Leader.

O prefeito de Jacobina, Luciano Pinheiro, destacou a importância da realização desse ato cívico e parabenizou a Semec pela iniciativa. "A Secretaria da Educação está de parabéns por organizar esse belíssimo evento em homenagem à nossa Bandeira Nacional. Não posso esquecer também de agradecer pela presença das autoridades, representantes do Tiro de Guerra, Polícia Militar, Guarda Municipal e Polícia Rodoviária Estadual" disse Pinheiro. 

Para o secretário da Educação e Cultura Roberval Henrique, essa é uma forma de continuar incentivando professores e alunos ao patriotismo. "Vamos continuar trabalhando esse sentimento em nossas escolas, para que as crianças tenham o entendimento de cultuar o patriotismo e, assim, nos tornemos cidadãos conscientes do nosso papel enquanto sociedade" destacou.

Diferente do que vinha tradicionalmente acontecendo, o evento mudou do meio-dia para às 8h da manhã, como forma de possibilitar que mais escolas participassem da atividade. "Após consultarmos o Tiro de Guerra 06-008, alteramos o horário para o início do dia, fazendo com que pudéssemos trazer mais unidades escolares para esse ato cívico, e o resultado foi positivo, pois além das escolas, diversos moradores do entorno também compareceram para o hasteamento" contou o secretário.

O hasteamento aconteceu simultaneamente em outras escolas dos distritos e povoados. Já as da sede, foram representadas por alunos e professores durante o evento da Praça da Bandeira, no Bairro do Leader.

A Bandeira Nacional
A Bandeira Nacional do Brasil, instituída em 19 de novembro de 1889, pelo decreto número 4, pelo presidente provisório, Deodoro da Fonseca, logo após a Proclamação da República. Nela, os Estados da Federação são representados por estrelas.

Foi projetada por Raimundo Teixeira Mendes e Miguel Lemos, com desenho de Décio Vilares. Inspirada na antiga Bandeira do Império que foi desenhada pelo pintor francês Jean Baptiste Debret, sendo que a esfera azul-celeste e a divisa com a inscrição "Ordem e Progresso" está no lugar da Coroa Imperial. Dentro da esfera, está representado o céu do Rio de Janeiro, com a constelação do Cruzeiro do Sul, às 8h30 de 15 de novembro de 1889, dia da Proclamação da República.
Fonte: Jacobina Notícias   























Páginas