Fake News: Red Bull Brasil investe R$ 45 milhões e assume o Jacobina Esporte Clube - AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA

Destaque

Fake News: Red Bull Brasil investe R$ 45 milhões e assume o Jacobina Esporte Clube


Nesta quarta-feira, 25 de setembro de 2019, começou a circular nas redes sociais um texto sobre uma nova parceria entre o Jacobina Esporte Clube e a Red Bull Brasil.

O texto que enche os olhos e causa alegria aos torcedores do Jegue da Chapada, trata-se de um fake news, uma notícia falsa, segundo o atual presidente da equipe Rafael Damasceno, em bate-papo com internautas num grupo do aplicativo WhatsApp. Nas redes sociais, desocupados também perderam tempo e redigiram o texto com o nome de outros times.

Leia a falsa notícia abaixo:
Agora é oficial. O Jacobina E.C. fechou uma parceria com o Red Bull Brasil, que assume o comando do futebol do clube a partir do baianão 2020. As duas partes oficializaram o acordo na tarde desta quarta-feira, 25, e até foram recedidos às portas fechadas em Salvador pelo chefe de gabinete do governador Dr Cícero Monteiro. O investimento é da ordem de R$ 45 milhões.

Em um primeiro momento, toda a parte administrativa e de futebol do clube ficará à cargo do Red Bull Brasil, que aos poucos vai assumir o comando geral do clube. O presidente ainda será Rafael Damasceno. Existirá um prazo de "ajustamento e transição", pelo qual o controle geral será todo do Red Bull Brasil num prazo estimado de três a cinco anos.

Ainda segundo interlocutores das negociações que assumirá o Jegue da Chapada, parte dos investimentos irão para a construção do CT Rancho do Jegue e do Estádio José Rocha, que ganhará três novas arquibancadas com setores de camarote, cadeiras enumeradas, campo em grama sintética além de novos vestiários e cabines de impresa. 

Esta foi a forma mais rápida do grupo austríaco para chegar à mais um clube do futebol brasileiro. A empresa já tem clubes na Áustria (Red Bull Salzburg), na Alemanha (RB Leipzig) e nos Estados Unidos (Nova York Red Bulls). No Brasil, o clube foi fundado em 17 de novembro de 2007 e em 2019 fez parceria com o Bragantino que disputa a Série B do brasileiro.

A transação
O negócio começou a sair depois da negativa de negociação por parte do Botafogo-PB clube que seria o primeiro alvo do Red Bull para entrar na região Nordeste, que rejeitou uma proposta de R$ 35 milhões para ser incorporado. 

As cores da camisa, a forma de apresentação do nome - Red Bull Brasil/Jacobina ou Jacobina/Red Bull - estão sendo definidas pelo departamento de marketing da Red Bull. Tudo deve ser definido rapidamente, em razão da proximidade do início do planejamento para a temporada 2020.

Fonte: Augusto Urgente!

Páginas