Estados americanos que legalizaram a maconha reduziram mortes por opioides em 20% - AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA

Destaque

Estados americanos que legalizaram a maconha reduziram mortes por opioides em 20%

Estados americanos que legalizaram a maconha reduziram mortes por opioides em 20%
As localidades dos Estados Unidos que legalizaram o uso da maconha registraram uma redução de em média 20% das mortes relacionadas a overdoses de opioides. Os dados foram contatados a partir do resultado de um estudo publicado nesta semana na revista "Economic Inquiry".

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, sigla em inglês) pontuou que no ano de 2017 foram registradas 47.600 mortes por overdose de opioides no país.

Atualmente 10 estados americanos e Washington DC permitem o uso recreativo da maconha. Illinois fará a liberação a partir de janeiro, enquanto 34 estados e a capital federal já permitem o uso da maconha com fins medicinais.

Os pesquisadores descobriram, ao analisar as taxas de mortes por overdose antes e depois da legalização da maconha, e entre os estados em vários pontos de legalização, o que eles chamaram de "efeito causal", descrito como "altamente robusto" na redução da mortalidade por opioides.

Segundo o G1, a análise econométrica apontou a redução na faixa de 20% a 35%, com o efeito particularmente maior para as mortes causadas por opioides sintéticos como o fentanil, a droga mais letal dos Estados Unidos, de acordo com os últimos dados oficiais.

Informações do G1 

Páginas