Ex-enfermeiro é condenado à prisão perpétua pelo assassinato de 85 pacientes na Alemanha - AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA

Destaque

Ex-enfermeiro é condenado à prisão perpétua pelo assassinato de 85 pacientes na Alemanha

O ex-enfermeiro alemão Niels Högel, de 42 anos, foi condenado à prisão perpétua em um tribunal da Alemanha pelo assassinato de 85 pacientes. A decisão foi tomada nesta quinta-feira (6).

O caso, segundo o Estadão, se trata de um dos mais graves de assassinato em série da história recente do país europeu.

O tribunal de Oldenburg declarou Niels culpado pelo assassinato dos pacientes por meio de injeção nos hospitais em que trabalhou entre 2000 e 2005.

De acordo com o Estadão, polícia alemã trabalha com a suspeita de que Niels possa ter matado até 200 pessoas, só que vários casos não poderão ser esclarecidos pois os corpos das supostas vítimas foram cremados.

Apesar da condenação desta quinta, a situação do ex-enfermeiro não será alterado pois ele já havia sido condenado à prisão perpétua em 2015 por vários assassinatos. "Quero sinceramente pedir desculpas a todos pelo mal que causei durante todos esses anos", declarou o condenado na quarta-feira às famílias das vítimas.
Fonte: Bahia Notícias

Páginas