Dois dias depois de fazer aniversário homem é assassinado em Quijingue a mando da esposa - AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA

Destaque

Dois dias depois de fazer aniversário homem é assassinado em Quijingue a mando da esposa

Dois dias depois de fazer aniversário homem é assassinado em Quijingue a mando da esposa

Egídio Cardozo dos Reis que completou 64 anos na última terça-feira, 14, foi assassinado a golpes de faca no inicio da tarde desta quinta, 16, na comunidade rural de Barra da Onça, em Quijingue.
De acordo com a PM, por volta das 12h40, a guarnição Bravo, foi acionada via telefone funcional informando que um homem havia sido ferido com golpes de faca, na localidade supracitada, de imediato a viatura deslocou até o local e, ao chegar, constatou que no interior da residência próximo a porta de entrada da sala, havia um corpo ao solo, ensanguentado, e com sinais de ferimentos de arma branca(faca), e que por sua vez, havia uma faca de serra, na mão da vítima.

De acordo com a PM, buscando informações com os familiares, relataram que um homem chegou na residência, e havia lhe deferido os golpes de faca, mais tarde a sua companheira Berenice Alves dos Santos, relatou a guarnição que conhecia o autor, de pré nome “Nazário”, e que ele havia chegado na residência por meio de um moto táxi.

A guarnição localizou o mototaxista e perguntou sobre o suspeito e o mesmo teria dito que apenas levou o acusado até o local e retornou logo em seguida, não tendo visto nada, e nem sabia o intuito da viagem por parte de Nazário.

Relatado as características físicas e trajes usados pelo autor, por parte da senhora Berenice, de posse das informações a guarnição da 4ª CIA juntamente com a Policia Civil local, fizeram diligências pela cidade na tentativa de localizar o autor, logrando êxito ao encontrar Nazário Damascena Santana que aparentava sinais de embriaguez.

Para surpresa das policias Militar e Civil ao questionar sobre o crime, o acusado relatou que estava bebendo em um bar junto com a companheira da vítima (Berenice). Com isso Nazario e a companheira da vítima, foram conduzidos até a Delegacia Territorial local, onde Berenice confessou ter pago a quantia de R$ 40 para Nazário cometer o crime contra seu companheiro.

Redação CN * Informações PM

Páginas