recent

‘Homofobia mata e separa pessoas’, diz Maisa ao falar de seguidor que morreu por ser gay


A atriz Maisa Silva resolveu desabafar na noite desta quinta-feira (4) sobre o caso de um rapaz que foi morto na cidade de São José dos Campos, interior de São Paulo, apenas por seu gay.

Em seu perfil no Twitter, a artista relatou o ocorrido e se posicionou consternada sobre o crime: “Acabei de ver o caso de um menino que morreu após sair de uma boate gay em São José dos Campos. Ele me seguia no Instagram não sei o que dizer, só queria orar pelo respeito e pelo amor no nosso mundo. A homofobia mata”, escreveu. 

Já outra publicação, sobre o mesmo assunto, Maísa fez críticas e alertou sobre as pessoas que são intolerantes com o público LGBTQ: “Nunca vi a homossexualidade matar alguém, mas a homofobia sim. Ela mata. Separa pessoas. O ódio e o preconceito caminham juntos, só não vê quem não quer…” declarou. BN
‘Homofobia mata e separa pessoas’, diz Maisa ao falar de seguidor que morreu por ser gay ‘Homofobia mata e separa pessoas’, diz Maisa ao falar de seguidor que morreu por ser gay Reviewed by Augusto Urgente on 6.10.18 Rating: 5

Nenhum comentário

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Augusto Urgente, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.