recent

Secretário de Minas e Energia defende que o governo não deve interferir na alta do diesel


O secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Márcio Felix, defendeu que o governo não deve atuar para conter a alta do preço do diesel. De acordo com ele, faltam recursos para fazer uma nova tentativa de estabilização dos valores. “Por tudo que foi dito, não há espaço no Orçamento da União para colocar mais que o volume, os R$ 9,5 bilhões que foram destinados a essa subvenção somado a não cobrança de PIS/Cofins”, disse sobre as isenções tributárias e subsídios destinados a conter o preço do combustível, após a greve dos caminhoneiros em maio.

O valor médio do óleo diesel nas refinarias da Petrobras em todo o país estão, desde esta sexta-feira (31), 13,03% mais caro. Com o aumento, o preço do diesel passou de R$ 2,0316 para R$ 2,2964. Este foi o primeiro aumento no preço do combustível desde o mês de junho, quando, em acordo com os caminhoneiros em greve, o governo congelou o preço do produto nas refinarias em R$ 2,0316 por litro. BN
Secretário de Minas e Energia defende que o governo não deve interferir na alta do diesel Secretário de Minas e Energia defende que o governo não deve interferir na alta do diesel Reviewed by Augusto Urgente on 1.9.18 Rating: 5

Nenhum comentário

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Augusto Urgente, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.