recent

Gilmar Mendes abre divergência e defende que Lula não seja preso após 2ª instância


Ao votar a favor do habeas corpus do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva (leia aqui), Gilmar Mendes abriu a divergência na sessão do Supremo Tribunal Federal que decidirá a prisão do ex-gestor após segunda instância nesta quarta-feira (4). 

Gilmar defendeu que a execução da pena só tenha início após a análise do recurso pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), por considerar que assim será possível conferir maior segurança à medida. 

Citando casos com o de um deputado que resolveu matar sua suplente e que passou anos em liberdade, Gilmar disse que a antecipação do cumprimento de pena deveria ocorrer só em situações graves que comprometem o andamento da Justiça.

Fonte: Bahia Notícias. 

Gilmar Mendes abre divergência e defende que Lula não seja preso após 2ª instância Gilmar Mendes abre divergência e defende que Lula não seja preso após 2ª instância Reviewed by Augusto Urgente on 4.4.18 Rating: 5

Nenhum comentário

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Augusto Urgente, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.