recent

Gastos do governo com pessoal se aproxima do teto da RCL


Os gastos do governo com pessoal estão quase alcançando 50% da Receita Corrente Líquida (RCL), limite imposto pela Lei da Responsabilidade Fiscal. No ano de 2017, a União gastou 41,8% da RCL, que é a soma das receitas tributárias de um governo, descontados os valores das transferências constitucionais. De acordo com informações do G1, o valor alcançado no ano passado com pagamento de salários e benefícios previdenciarios é o maior desde a criação da LRF em 2000 e, se considerada a série histórica do Planejamento, é a maior desde 1998 (42,7%). 

No total, foram R$ 288,773 bilhões gastos. Para este ano, a previsão é de que fique em R$ 302,55 bilhões. Caso o limite seja atingido, a lei prevê uma série de restrições e medidas, como proibição de reajuste de salários e até a demissão de servidores. Para não encostar no limite, o governo anunciou o início de um Plano de Demissão Voluntária (PDV) para servidores públicos, a opção de jornada reduzida de trabalho, com corte proporcional do salário. O governo federal também passou a restringir novas contrações.

Informações do G1
Gastos do governo com pessoal se aproxima do teto da RCL Gastos do governo com pessoal se aproxima do teto da RCL Reviewed by Augusto Urgente on 16.4.18 Rating: 5

Nenhum comentário

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Augusto Urgente, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.