recent

Uma semana após desabamento em Pituaçu, sobrevivente agradece doações


Uma semana depois da tragédia que deixou quatro pessoas da mesma família mortas no desabamento do prédio em que moravam, na rua do Alto do São João, no bairro de Pituaçu, em Salvador, um dos sobreviventes da tragédia, Alex Pereira de Jesus, disse, nesta terça-feira (20), que agradece a demonstração de solidariedade, com donativos que tem recebido.

Na segunda-feira (19), foi celebrada a missa de sétimo dia, na Igreja de São João Batista, localizada na mesma rua onde aconteceu o desabamento. A doação de alimentos e roupas pode ser feita na Rádio Comunitária de Pituaçu, na 3ª Travessa Netuno, perto do parque de Pituaçu.

Alex lutou para tirar a família do aluguel e construiu o imóvel para ajudar a irmã, que tinha dois filhos, que morreram na tragédia. Ele conseguiu sair dos escombros, junto com a mulher Beatriz, e a filha de 11 meses, Sabrina Menezes. O sobrevivente teve ferimentos no rosto e acompanhou durante parte do dia a remoção dos corpos das vítimas.

“É muito forte. As lembranças vão ficar, não temos como fazer com que elas desapareçam. Não é como a gente quer, mas estou aí com muita força, primeiramente de Deus e, em seguida, desses anjos que estão aí espalhados só para fazer o bem e me ajudando de todas as formas”, contou Alex, que perdeu dois irmãos e dois sobrinhos na tragédia.

Ele afirma que todo o apoio da comunidade ajuda a família a se recuperar da situação e retomar a vida. “Essa força toda que estão dando a gente, fazendo com que possa erguer a cabeça por mais um dia e tentar seguir em frente, nessa nova vida que Deus nos permitiu”, relata.

Alex e os familiares que sobreviveram ao desabamento estão na casa do amigo Peter Nascimento. Ele agradece às pessoas que têm ajudado e diz que espera que a família consiga ter uma casa própria novamente. “A expectativa maior dele (Alex) é de se erguer para ter novamente um lar. A expectativa é Deus abençoar e ele conseguir um lar novamente”, conta Peter.

Alex diz que está ainda abalado, resolvendo problemas psicológicos e tentando ajudar parentes, mas conta que o amigo dele foi quem tratou com a prefeitura sobre o recebimento do auxílio moradia e que a situação estaria resolvida a partir desta terça-feira.

Além dele, outras 10 famílias que tiveram imóveis atingidos pelo desabamento têm direito ao benefício, no valor de R$ 300. Em nota, a Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps) disse que os auxílios foram liberados.

Fonte: G1 Bahia
Uma semana após desabamento em Pituaçu, sobrevivente agradece doações Uma semana após desabamento em Pituaçu, sobrevivente agradece doações Reviewed by Augusto Urgente on 20.3.18 Rating: 5

Nenhum comentário

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Augusto Urgente, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.