Ads Top

Ads Top
recent

Protestos defendem controle de armas nos Estados Unidos


Estudantes e ativistas realizaram, neste sábado (24), protestos em diversas cidades dos Estados Unidos, a favor do controle de armas. Intitulado "March for Our Lives" (Marcha por Nossas Vidas), o movimento cobra mudanças na legislação para banir armas de assalto, como rifles, e instituir um controle mais estrito da posse de armas. Segundo a Agência Brasil, a iniciativa nasceu a partir do tiroteio que matou 17 pessoas e deixou 20 feridos em uma escola na cidade de Parkland, no estado da Flórida, sudoeste do país, em fevereiro. 

O massacre foi cometido por um jovem que utilizou um rifle semiautomático AR-15. O ato principal ocorreu na capital dos Estados Unidos, Washington. Os organizadores não confirmaram o público estimado, mas indicaram a presença de centenas de milhares de pessoas. 

O número de cidades também não foi totalizado, mas a expectativa era da realização em centenas de municípios, seja nos Estados Unidos, como em Nova Iorque, Los Angeles e Austin, ou em capitais de outros países, como Paris, Buenos Aires, Mumbai e Tóquio. 

Nos discursos, organizadores defenderam como solução o registro para votação em massa dos estudantes, o boicote a candidatos contrários ao controle de armas, em especial aqueles financiados pela Associação Nacional de Rifles, a ampliação da idade mínima exigida para compra de armas para 21 anos, entre outras medidas.

Com informações da Agência Brasil

Protestos defendem controle de armas nos Estados Unidos Protestos defendem controle de armas nos Estados Unidos Reviewed by Augusto Urgente on 25.3.18 Rating: 5

Nenhum comentário

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Augusto Urgente, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.