recent

MP vai apurar caso de maternidade que deixou mulheres no chão após parto


Um inquérito vai apurar a responsabilidade de uma maternidade de Ilhéus, no litoral sul, sobre más condições a mulheres que acabavam de passar por partos na unidade. 

O fato repercutiu nas redes sociais em vídeos que mostram parturientes deitadas no chão da maternidade Santa Helena. O inquérito, sob responsabilidade do promotor Pedro Nogueira Coelho passa a valer a partir desta terça-feira (20) conforme publicação no Diário da Justiça Eletrônico. Segundo a apuração, o fato foi veiculado pela TV Santa Cruz. 

À emissora, a diretora da maternidade informou que os casos teriam ocorrido da quinta-feira (15) para sexta-feira (16) e as mulheres estariam em tatames, e não em colchões, porque os 42 leitos da unidade já estavam ocupados. O prazo de inquéritos costuma ser de 120 dias, podendo ser prorrogado pelo mesmo tempo.

Informações da TV Santa Cruz

MP vai apurar caso de maternidade que deixou mulheres no chão após parto MP vai apurar caso de maternidade que deixou mulheres no chão após parto Reviewed by Augusto Urgente on 20.3.18 Rating: 5

Nenhum comentário

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Augusto Urgente, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.