recent

Três juízes se declaram impedidos para julgar habeas corpus de Ricardo Machado

Preso preventivamente no último dia 26, o ex-prefeito de Santo Amaro, Ricardo Machado (PT), ainda não conseguiu ver o seu pedido de soltura aprecido por um juiz do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). Desde que o pedido foi protocolado no dia 27, três magistrados já se declararam impedidos de realizar o julgamento do processo.

Machado foi preso temporariamente na sexta fase da operação Adsumus, mas foi solto no dia seguinte. Posteriormente, o juiz de direito da 1ª Vara Criminal da Comarca de Santo Amaro determinou a prisão preventiva do petista. Ele acusado de integrar um esquema de desvio de recursos na sua gestão entre 2012 e 2016.

Inicialmente, o juiz plantonista do TJ-BA Álvaro Marques de Freitas Filho se declarou impedido porque quem atuou na fase inivial da investigação foi uma magistrada que é sua ex-cônjuge, com quem possui uma filha. 
Em seguida, o processo foi remetido para o juiz substituto Marcos Adriano Silva Ledo, que citou o Código de Processo Penal ao afirmar que, por ter atuado como juiz de primeiro grau de jurisdição, não poderia deliberar sobre o caso. Assim, o habeas corpus chegou até as mãos da juíza substituta Maria do Socorro Santa Rosa. A magistrada, por sua vez, argumentou que seu cônjuge atuou em processo relativo ao caso da Adsumus na condição de advogado. 

Nesta sexta-feira (29), o habeas corpus chegou à mesa da juíza substituta Adriana Sales Braga, que ainda não se manifestou. Bocão 
Três juízes se declaram impedidos para julgar habeas corpus de Ricardo Machado Três juízes se declaram impedidos para julgar habeas corpus de Ricardo Machado Reviewed by Augusto Urgente on 29.12.17 Rating: 5