Morre mais uma vítima do incêndio de creche em Janaúba/MG. É a 13ª .

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

05/12/17- A auxiliar de professora Jessica Morgana Silva Santos, de 23 anos, morreu nesta segunda-feira, 4, após ter ficado dois meses internada em estado grave na Santa Casa de Montes Claros, em Minas Gerais. Jessica é a 13ª vítima que morreu em função do incêndio provocado pelo segurança Damião Soares dos Santos, de 50 anos, no Centro Municipal de Educação Infantil Gente Inocente, em Janaúba, no norte do Estado, no dia 5 de outubro.

A Santa Casa de Montes Claros informou que a família não autorizou a divulgação de mais informações sobre a morte de Jessica. A funcionária da creche faria 24 anos no dia 29.

No dia 6 de novembro, outra auxiliar de professora morreu. Geni Oliveira Lopes Martins, de 63 anos, ficou um mês internada no Hospital Municipal João XXIII, na capital mineira.

Além de Jessica e Geni, morreram a professora Heley de Abreu Silva Batista, nove crianças que estudavam na creche e o próprio homem que ateou fogo na sala de aula. Segundo a prefeitura de Janaúba, sete vítimas seguem internadas em unidades de saúde de Belo Horizonte e Montes Claros.

Considera uma "heroína" em Janaúba por lutar contra o vigilante e evitar a morte de mais crianças, a professora terá seu nome acrescentado ao da creche, que passará a se chamar "Gente Inocente-Heley de Abreu" quando a unidade de ensino for reinaugurada.

De acordo com testemunhas, Heley tentava socorrer as crianças em meio ao incêndio quando percebeu que o vigilante estava retornando ao local, com mais combustível e um palito de fósforo nas mãos. Ela tentou impedir o criminoso, e os dois chegaram a entrar em luta corporal.

MSN

Postar um comentário

  © Augusto Urgente De olho na Notícia! by Augusto Jacobina 2013/2017 - Contato: (74) 9125-2490 / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP