Vítima de naufrágio perto de Morro fala sobre fotos durante resgate: 'Momento único'

domingo, 5 de novembro de 2017

O empresário Felipe Gonzalez, de 31 anos, negou que estivesse brincando ao tirar fotos durante o resgate dos passageiros de uma lancha que naufragou perto de Morro de São Paulo na última quinta-feira (2) (veja mais). Uma das vítimas do acidente, ele disse em entrevista ao G1 que usou o celular para fazer as imagens apenas quando sentiu que todos estavam seguros e afirmou que queria apenas registrar um "movimento único" na vida dele e dos outros sete ocupantes da embarcação. "Naquele momento que peguei o celular, foi para fazer filmagens para que pudessem ficar entre nós mesmos. Achamos que estávamos vivendo um momento único, por termos sobrevivido, e a gente gravou porque queria ficar com isso guardado somente para a gente. Quando vimos a embarcação do resgate se aproximar, ficamos muito felizes. Disseram que eu tinha brincado com a situação e que gente estava rindo, mas todo mundo já estava salvo", lembrou o empresário. 

Segundo ele, a lancha passou por uma vistoria no dia anterior do acidente e nenhum defeito foi detectado. Felipe lembrou que passaram cerca de três horas entre o momento em que a água começou a entrar na embarcação até o resgate. "Não sabemos ao certo o que aconteceu. Já naveguei com o mar em condições piores e nunca passei por isso. Acho que realmente foi uma fatalidade", comentou em entrevista ao G1. O grupo de oito amigos só conseguiu pedir ajuda porque dois de seus celulares eram à prova d'água. Mesmo com o susto, eles seguiram viagem até Morro de São Paulo e não deixaram de aproveitar o passeio durante o feriado e o fim de semana.
Com informações do G1.

Postar um comentário

  © Augusto Urgente De olho na Notícia! by Augusto Jacobina 2013/2017 - Contato: (74) 9125-2490 / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP