O pai Augusto e o filho Felipe Marques; O cuidar e o criar vivendo harmoniosamente

terça-feira, 7 de novembro de 2017


Cuidar de quem ama é algo prazeroso, mesmo que sendo, às vezes,  uma tarefa árdua. Faz bem para o coração, para a alma... para a vida. Amar e sentir que é amado (a) proporciona um sentimento inexplicável, capaz de adoçar a mais amarga das sensações, transformar o ruim em contentamento e felicidade. É ótimo para quem sente e melhor para quem vive. Amar e ser amado é viver em paz e harmonia com o eterno; é uma virtude dos sapientes que fazem do amor o combustível responsável pelo funcionamento de suas virtudes.

Já criar aquele (a) que tanto cuidou, deu carinho, amou...

Talvez por não depender apenas do recíproco amor da família, criar, do ponto de vista de acompanhar todo o tempo, envolve fatores mais complexos e exige inúmeros cuidados. Nem sempre o mundo ensina somente aquilo que gostaríamos que fosse absorvido pelos amados. Maçãs e cobras são encontradas com mais facilidade do que bons conselhos. Partindo deste ponto de vista é possível afirmar que, apesar de semelhante, em se tratando de vida (de pessoas), cuidar é diferente de criar. Aquele que foi bem cuidado poderá ser um mal criado, não necessariamente como uma regra.
Todo mal gostaria em ser do bem, mas por ter sido vítima da falta do conjunto ‘cuidar/criar’ tenha se transformado no abominável. Orientação e controle podem evitar preocupações e decepções, pois quem ama cuida.

A relação de amizade e carinho socializada constantemente entre Augusto Jacobina e seu filho Felipe Marques tem levado muitos pais a refletir sobre o conceito de amor e a importância de suas presenças na vida dos seus filhos. Quem já teve o prazer em estar próximo e conviver com estas duas figuras que já fazem parte do ‘patrimônio’ cultural da cidade, sabe o que é viver em harmonia e alegria. O pai como músico (cantor e tecladista) e comunicador (através do site que leva o seu nome e do rádio) e o filho, criança carismática e inteligente já demonstra o que pensa e o que quer para seu futuro. O pequeno artista Felipe Marques tem levado alegria para as crianças e adultos em seus shows infantis e sua participação em grandes eventos como festejos de São João e comemorações de aniversários de cidades da região.

A história de vida de Augusto e Felipe é um exemplo que deve ser seguido e compartilhado com todos que acreditam que ainda existe o bem cuidado e o bem criado. Para o pai e para o filho: Parabéns!

Por Gervásio Lima
Jornalista e Historiador.

Postar um comentário

  © Augusto Urgente De olho na Notícia! by Augusto Jacobina 2013/2017 - Contato: (74) 9125-2490 / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP