Funcionária de creche incendiada morre um mês após ataque

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Uma funcionária da Creche Gente Inocente, que foi incendiada em Janaúba (MG), no último dia 5 de outubro, morreu na madrugada desta segunda-feira (6) no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, em Belo Horizonte. Segundo informações do portal G1, a auxiliar de professora Geni Oliveira Lopes Martins, 63 anos, foi uma dos 12 funcionários que estavam na creche no momento em que Damião Soares dos Santos, de 50 anos, que era vigilante do estabelecimento, ateou fogo em funcionários, em alunos e no próprio corpo. Além de Geni, outras 11 pessoas morreram, incluindo o próprio Damião, a professora Heley Abreu Batista. A funcionária teve 70% do corpo queimado, estava em coma e foi transferida para a capital mineira. Ela completou 63 anos no dia do ataque.
Informações do G1  

Postar um comentário

  © Augusto Urgente De olho na Notícia! by Augusto Jacobina 2013/2017 - Contato: (74) 9125-2490 / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP