Em Belém, Popó se despede dos ringues neste sábado

sábado, 11 de novembro de 2017

11/11/17- Acelino Popó Freitas subirá ao ringue pela última vez na noite deste sábado, 11, para se despedir em definitivo da torcida e da carreira que o levou ao tetracampeonato mundial de boxe.

O adversário será o mexicano Gabriel ‘El Rey’ Martinez, pela categoria super meio-médio (até 69,8 kg) na 13ª e última luta do evento, marcado para o ginásio Mangueirinho, em Belém (PA). As outras lutas começam às 17h (da Bahia), mas o combate de Popó está programado para aproximadamente 23h, com transmissão da TV Bahia.

Aos 42 anos, Popó enfrentará um adversário 12 anos mais jovem e vencedor de 29 das 41 lutas disputadas (16 das quais por nocaute). O cartel do mexicano, porém, não intimida o tetracampeão. “Disseram o mesmo quando fui enfrentar o argentino Mateo ‘El Chino’, que era 15 anos mais novo e eu derrubei”, disse Popó, momentos antes do treino do dia, em Belém.

‘El Chino’ foi o oponente escolhido para aquela que deveria ter sido a luta de despedida de Popó, em 2012. Três anos depois, porém, quando já estava sendo chamado de ‘ex-pugilista’, o baiano voltou atrás na aposentaria.
“Mas agora é definitivo. Estou finalizando, vou parar mesmo. Vou guardar as boas lembranças, as coisas boas que conquistei”, afirmou Popó. Estavam programados inicialmente dez rounds, mas agora serão apenas oito. “Estou preparado para dez, mas não tem necessidade. Dez rounds são para uma luta de defesa de título, sul-americano ou título mundial”, justificou o pugilista, que terá na plateia do ginásio grande número de parentes, incluindo a mãe, dona Zuleica, e filhos.

“Só não vem o meu filho Ruan Freitas, de 18 anos, porque ele vai estar fazendo o Enem no domingo”, explicou o Popó, avisando também ter recebido propostas de cidades como Tocantins, Goiânia e Brasília para sediar o evento de despedida dele dos ringues.

“Meu treinador, Ulysses Pereira, é daqui de Belém e, através dele, fechamos acordo. Estão me dando toda a estrutura para o evento”, contou o pugilista, que em um balanço parcial disse que até esta sexta-fira, 10, 7 mil dos 12 mil ingressos já tinham sido vendidos.

Popó gostaria que a luta fosse em Salvador, onde subiu ao ringue em 1999 patrocinado pela campanha Sua Nota é um Show. Porém, o boxeador explicou que só encontrou apoio fora do estado.
A carreira
Como pugilista amador, Popó conquistou medalha de Prata nos Jogos Pan-americanos de Mar del Plata-1995. Na fase profissional, o baiano de Salvador fez história com o recorde mundial de maior sequência de nocautes até chegar a um título mundial, ao alcançar 21 vitórias por nocaute. 

São três títulos mundiais pela Organização Mundial de Boxe e outro pela Associação Mundial de Boxe, nas categorias super-penas e peso leve. Ele também recebeu o ‘título’ de supercampeão mundial de boxe por ter feito dez defesas de cinturão.


A TARDE

Postar um comentário

  © Augusto Urgente De olho na Notícia! by Augusto Jacobina 2013/2017 - Contato: (74) 9125-2490 / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP