Traficante do BDM vivia em casa de luxo no Litoral Norte

terça-feira, 24 de outubro de 2017

O traficante Rafael Almeida de Jesus, 28 anos, mais conhecido como Rafinha, uma das lideranças do Bonde do Maluco (BDM), pagava R$ 3 mil de aluguel numa mansão em Arembepe, localidade de Camaçari, no Litoral Norte. Ele era Oito de Paus do Baralho do Crime da Secretaria de Segurança Pública (SSP) e acabou preso com mais quatro suspeitos neste domingo (22). 

“Vivo do tráfico. Tenho uma boca em São Cristóvão. Pagava, por mês, R$ 3 mil numa casa com piscina”, declarou Rafael, na manhã desta segunda, durante a apresentação dele e dos comparsas à imprensa, no Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), na Pituba. 

Rafael tinha papel de liderança no BDM. "Ele era uma pessoa de confiança do Marreno", disse o delegado Marcelo Sansão, diretor do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), fazendo referência a Marcelo Batista dos Santos, o Marreno, morto pela polícia em agosto deste ano. Rafael tinha mandado de prisão e envolvimento direto com tráfico de drogas, homicídios e roubos a bancos.
Além de Rafael, foram presos a mulher dele, Bárbara Laís Santos Pereira Alves, 24, a cunhada, Laiane Santos Pereira, 18, e os comparsas Bruno Ferreira de Souza, 22, Israel de Jesus Avelino Júnior, 35. 

Mortos em confronto
Dois integrantes do bando, Samir Lavinne Alves dos Santos, 32, e Álamo Machado Arapiraca, 27, reagiram no momento da abordagem, foram atingidos durante confronto, socorridos para o Hospital Menandro de Farias, mas não resistiram.
Correio 

Postar um comentário

  © Augusto Urgente De olho na Notícia! by Augusto Jacobina 2013/2017 - Contato: (74) 9125-2490 / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP