recent

Pequenos negócios baianos têm maior taxa de emprego no Nordeste

Ocupando o quinto lugar no ranking nacional de geração de empregos entre as Micro e Pequenas Empresas (MPE) em setembro, a Bahia também é o Estado nordestino a registrar o maior saldo de empregos entre os pequenos negócios, no mesmo mês. Os dados são de levantamento feito mensalmente pelo Sebrae, com base no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), fornecido pelo Ministério do Trabalho.

O Estado vem subindo posições do ranking nos últimos meses. Em julho, a Bahia figurava em 26º lugar, passando para a 6ª posição em agosto, e, agora, alcançando a 5ª colocação, com 3.377 empregos gerados. O setor de Serviços foi o que mais contratou entre as MPE baianas em setembro, com um saldo líquido de 1.358 empregos gerados. Em seguida, destacam-se os setores de Construção Civil (1.019) e Comércio (662).

À frente da Bahia estão os Estados de São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná.
MPE brasileiras têm mais contratações que demissões

Desde o início do ano, as MPE brasileiras apresentaram número de contratações superior ao de demissões, exceto no mês de março. Entre janeiro e setembro, os pequenos negócios criaram 389 mil novos postos de trabalho, enquanto que as médias e grandes apresentaram saldo negativo de 200 mil.
Acorda Cidade 
Pequenos negócios baianos têm maior taxa de emprego no Nordeste Pequenos negócios baianos têm maior taxa de emprego no Nordeste Reviewed by Augusto Urgente on 31.10.17 Rating: 5