Familiares de mulher assassinada com golpes de foice em Caém, pedem justiça em frente a delegacia

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Nesta segunda-feira, 09 de outubro de 2017, familiares da dona de casa Vânia Lúcia de Jesus Silva de 39 anos, assassinada a golpes de foice supostamente pelo seu ex companheiro Edmilson de Jesus Alves, conhecido como Soninho, fato ocorrido em 30/09/17 por volta das 18:30h no Loteamento Emília Andrade II - Caém, estiveram em frente à Delegacia de Polícia Civil de Caém para reivindicar apuração e agilidade no caso.

Com cartazes, os familiares reclamaram da demora na apuração e prisão do acusado pelo crime e pediram justiça. Eles contaram com o apoio de amigos e familiares da Comunidade do Emília Andrade II e Comunidade São João  Batista. A ida dos familiares à delegacia era para acompanhar a suposta apresentação do acusado com a presença de seu advogado, porém até às 14h não tinha acontecido.

Jeise Jesus, filha da vítima Vânia Lúcia estava inconformada com a situação é disse que o sentimento é de revolta, porque já se tem quase 15 (quinze) dias da morte da sua mãe e até o momento a justiça não foi feita. “Esse ato é para mostrar que não esquecemos o que aconteceu com nossa mãe e mesmo sendo o nosso pai, não vamos deixar impune, estamos acreditando que a justiça será feita”, acredita.

Os quatro filhos da vítima Vânia disseram que estão vivendo amendrontados e até se mudaram da residência, com medo do pai retornar e vitimar toda a família.
Fonte: Augusto Urgente!

Postar um comentário

  © Augusto Urgente De olho na Notícia! by Augusto Jacobina 2013/2017 - Contato: (74) 9125-2490 / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP