Faixa de pedestre em 3D chama atenção, mas é descartada em Salvador: ‘Pode confundir’

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

A faixa de pedestre em 3D chamou a atenção no último mês, depois que países como China, Índia, Geórgia e Islândia aderiram à sinalização. Aqui no Brasil, grafiteiros fizeram o desenho em três dimensões numa via do município Primavera do Leste, no Mato Grosso, mas tudo indica que essa medida não chegará aqui em Salvador. O superintendente da Transalvador, Fabrizzio Muller, explicou que a faixa de pedestre em 3D desrespeita o manual de sinalização aprovado pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). “Como medida lúdica, é bastante interessante, mas de forma prática ela acaba desrespeitando, por isso nós somos impedidos de fazer isso”, disse. Se alguém se propor a pintar a via pública com o desenho, como aconteceu no Mato Grosso, Muller disse que não há como punir. Por outro lado, a depender do local, teria que ser apagado. “Não poderia fazer isso sem autorização do órgão gestor de trânsito. Nenhum cidadão pode fazer nenhum tipo de sinalização de trânsito. Isso poderia confundir os condutores que não estão acostumados”, acrescentou. As faixas de pedestre em 3D são pintadas de modo a parecer que estão em relevo. Ainda não há estudos que comprovem a eficácia da técnica.

Fonte: Bahia Noticias 

Postar um comentário

  © Augusto Urgente De olho na Notícia! by Augusto Jacobina 2013/2017 - Contato: (74) 9125-2490 / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP