Estado Islâmico assume autoria de atentado em Las Vegas onde número de mortes aumenta

terça-feira, 3 de outubro de 2017

O Estado Islâmico reivindicou a autoria do ataque que matou 58 pessoas durante um show, em Las Vegas, Estados Unidos, na noite do domingo(1º), de acordo com a agência de notícias Reuters, que citou a agência de notícias do grupo terrorista. Por enquanto, as autoridades dos EUA não confirmaram essa informação. Em outras ocasiões, o grupo terrorista reivindicou ataques nos quais não foi possível comprovar sua relação.

Um homem de 64 anos, identificado como Stephen Paddock, abriu fogo durante o festival Route 91 Harvest. Ele estava na janela de um hotel e, além dos mortos, feriu cerca de 515 pessoas. Os tiros foram disparados durante apresentação do cantor country Jason Aldean, nas proximidades do hotel do cassino Mandalay Bay. De acordo com um porta-voz do hospital universitário local, 14 pessoas estão em estado grave. O atirador se matou antes da chegada da polícia.

A polícia realizou buscas na casa do atirador onde encontrou armas e munições. “Era uma casa limpa e organizada, nada fora do comum”, disse o porta-voz da polícia de Mesquite, uma cidade nos arredores de Las Vegas, onde Paddock morava. No quarto de hotel de onde ele fez os disparos e cometeu suicídio, foram encontradas mais de dez armas. Ele estava hospedado no hotel Mandalay Bay desde o dia 28 de setembro.

O presidente Donald Trump falou sobre o atentado, em discurso na Casa Branca. “Caros cidadãos, hoje estamos unidos pela dor e pelo espanto do massacre de ontem à noite. Foi um ato de maldade”, disse o presidente.
Agora na Bahia 

Postar um comentário

  © Augusto Urgente De olho na Notícia! by Augusto Jacobina 2013/2017 - Contato: (74) 9125-2490 / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP