Suprema Corte dos EUA retira parte das restrições do veto migratório de Trump

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

A pedido do governo, a Suprema Corte dos Estados Unidos eliminou nesta segunda-feira (11) algumas das restrições impostas ao decreto migratório do presidente Donald Trump, que tem como objetivo dificultar a entrada de refugiados e cidadãos de seis países de maioria muçulmana.

Em uma notificação judicial, a Corte determinou que não poderão entrar nos EUA avós, tios e outros familiares próximos dos refugiados, mas para cidadãos dos seis países – Irã, Somália, Sudão, Síria, Iêmen e Líbia – a restrição foi retirada pelo órgão.

A sentença é uma vitória para Trump e vai contra outra decisão judicial, tomada na última quinta-feira (7), pelo Tribunal de Apelações de San Francisco, que tinha decidido que avôs, tios e outros familiares próximos de refugiados e residentes nos EUA, originários dos países muçulmanos citados no decreto, poderiam entrar no território americano.

A decisão tomada nesta segunda é parcial, e a Suprema Corte analisará a questão com mais detalhe no próximo dia 10 de outubro. Foto: Andrea Hanks/White House/Fonte: Metro1

Postar um comentário

  © Augusto Urgente De olho na Notícia! by Augusto Jacobina 2013/2017 - Contato: (74) 9125-2490 / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP