Rui defende "extensa reforma política": "Se fabrica partido como se faz pão"

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

O governador Rui Costa (PT) defendeu que o país passe por uma "extensa reforma política" e que o número de partidos políticos seja revisto. Em entrevista a jornalistas dos principais veículos de comunicações da cidade nesta terça-feira (12), na Governadoria, o petista declarou que o atual modelo é prejudicial para a democracia no país e já foi criticado por autoridades estrangeiras.

"Eu recebi líderes de parlamento na Alemanha, presidente de parlamento do Canadá, vice-presidentes de alguns países, ministros e embaixadores aqui para conversar. Todos são unânimes em dizer que não acreditam como a gente consegue conviver e funcionar com 40 partidos políticos. Isso não existe em nenhuma democracia consolidada do mundo. Nós fabricamos um modelo absurdo, ineficiente e corrupto. Nós precisamos corrigir isso rapidamente", afirmou.

Ainda de acordo com Rui, o atual número de partidos políticos precisa ser diminuído a tempo das eleições de 2018 para que o país volte a ter credibilidade. Para o governador, é necessário identificar "ideologias e propostas únicas" de cada legenda. "A sociedade precisa identificar meia dúzia de partidos que identificassem ideologias e propostas únicas. Hoje fabricamos partidos como se fabrica pão na padaria. Não conheço nação democrática consolidada com 40 partidos", declarou o gestor estadual. Fonte: Metro1.

Postar um comentário

  © Augusto Urgente De olho na Notícia! by Augusto Jacobina 2013/2017 - Contato: (74) 9125-2490 / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP