Homem nu também se apresentou para crianças em Salvador; Performance causa revolta e é vista como crime de pedofilia.

sábado, 30 de setembro de 2017

Em uma publicação feita na rede social Facebook, o vereador Alexandre Aleluia, líder do Democratas na Câmara Municipal de Salvador, acionará o Ministério Público, solicitando a investigação do crime de incitação à pedofilia durante apresentação da performance "La Bête", que, segundo reportado pela imprensa, ocorreu no Goethe Institut, em Salvador.

Esta foi a mesma apresentação realizada por Wagner Schwartz, que manteve-se nu, no centro de um tablado, enquanto era tocado por uma criança, no Museu de Arte Moderna de São Paulo, na última terça-feira (26). "Vi as imagens das 'performances' tanto em São Paulo quanto em Salvador. Aquilo, se não for um explícito ato pedófilo, é um claro incentivo à sua normalização", avaliou o vereador.

Na quinta-feira (28), o vereador apresentou projeto de lei que veda verba pública municipal para instituições de direito privado que incitem crimes como aborto, consumo de drogas, vilipêndio a culto e pedofilia. "Pensei que a exposição 'Queermuseu', no Rio Grande do Sul, que motivou a apresentação desse projeto, fosse o máximo do ultraje e da prática de crimes em nome da arte. Mas essa apresentação que expõe dessa forma crianças é nojenta, abjeta", considerou Alexandre Aleluia.

O fato causa revolta nas redes e muitos se perguntam que tipo de arte é esta, que expõe crianças a este ponto. Veja a publicação feita no Facebook do Democratas, veja clicando AQUI!

Postar um comentário

  © Augusto Urgente De olho na Notícia! by Augusto Jacobina 2013/2017 - Contato: (74) 9125-2490 / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP