Festival EcoArte leva música, teatro e diversidade cultural a zona rural de Jacobina

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

O forrozeiro Targino Gondim, bandas e grupos teatrais estão entre as atrações confirmadas pelo Ponto de Cultura EcoArte Itaitu para o festival programado para movimentar o município de Jacobina, na Chapada Diamantina, entre quinta, dia 28, e domingo, dia 1º de outubro. O Festival EcoArte Itaitu é uma iniciativa da Associação de Ação Social e Preservação das Águas, Fauna e Flora da Chapada Norte (ASPAFF Chapada Norte) que visa a valorização da cultura regional aliada à potencialidade turística deste santuário ecológico.

O Festival EcoArte Itaitu terá shows musicais, exposições de arte, cineclube e a culinária típica da zona rural de Jacobina, entre outras manifestações culturais. A programação será toda concentrada na Vila de Itaitu. A abertura será na quinta-feira (28), às 18h30. Na sexta (29), as bandas SantoSou e Urmino estão entre as atrações que confirmaram presença. Ainda no neste dia do festival, será lançado o documentário ‘Itaitu e Tu’, disponível na internet. Também está previsto o lançamento do livro ‘Offereço meu original como lembrança – circuito social da fotografia nos sertões da Bahia (1900-1950)’, do professor Valter de Oliveira.

Entre os grupos teatrais presentes ao povoado de Itaitu, estão o Sarau das Seis e AEC-TEA, que se apresentam no sábado e no domingo, respectivamente. Também no sábado (30), acontecem apresentações como as da Filarmônica 2 de Janeiro de Jacobina, Coral da UNEB, Joan Sodré, além do aguardado show de Targino Gondim.

Em sua primeira edição, o festival pretende divulgar os produtos das oficinas realizadas no Ponto de Cultura, além de proporcionar entretenimento e geração de renda para a comunidade local. O Festival é uma das metas do Ponto de Cultura EcoArte Itaitu, projeto contemplado por meio da parceria da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia e Ministério da Cultura, que conta ainda com o apoio da Prefeitura de Jacobina e comércio local. O trabalho de realização do festival foi aprovado pela Diretoria de Cidadania Cultural, órgão ligado à Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura (Sudecult), da Secult.

De acordo com o planejamento de ações culturais, visando geração de emprego e renda, vêm sendo realizadas também oficinas de culinária regional, com produtos da região, artesanato e comunicação. Cerca de 80 pessoas, entre jovens e adultos, participaram das oficinas iniciadas em maio. Os participantes aprenderam como se alimentar de forma correta utilizando ingredientes e produtos da região. A oficina de arte também viabilizou o aproveitamento dos objetos, desde uma pedra a um galho seco de árvore, como forma de viabilizar a reinvenção que produz o encantamento típico da atividade artística com imaginação e criatividade. Mais informações na fanpage do Ecoarte.

Pontos de Cultura são grupos, coletivos e entidades de natureza ou finalidade cultural que desenvolvem e articulam atividades culturais em suas comunidades e em redes, reconhecidos e certificados pelo Ministério da Cultura por meio dos instrumentos da Política Nacional de Cultura Viva, recebendo apoio institucional, técnico e financeiro do Governo do Estado e do Governo Federal.

Assessoria de Comunicação - Secretaria de Cultura do Estado da Bahia – SecultBA

Postar um comentário

  © Augusto Urgente De olho na Notícia! by Augusto Jacobina 2013/2017 - Contato: (74) 9125-2490 / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP