Duas pessoas são presas acusadas por morte de professor; acusadas são travestis

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Barreiras: Duas pessoas são presas acusadas por morte de professor; acusadas são travestisDuas pessoas foram presas e uma apreendida na madrugada desta quarta-feira (6), Barreiras, oeste baiano. As três pessoas, que são travestis, teriam envolvimento na morte do professor de inglês e músico Tallis Silva Bastos, ocorrida no sábado (2). Duas delas tiveram os nomes de registro divulgados: Wanderson Evangelista dos Santos e Igor Mariano dos Santos Silva. A terceira suspeita é uma adolescente. Ao G1, o delegado José Romero, que apura o caso, disse que as acusadas confessaram participação no crime. Elas contaram que a vítima se recusou a pagar por um suposto “programa”. Outra linha de investigação é de latrocínio, roubo seguido de morte. O delegado também informou que os golpes de faca foram desferidos pela travesti Wanderson Evangelista dos Santos. Bastos foi encontrado morto na madrugada de sábado (2), em um veículo estacionado na Avenida Carlos Magalhães, no centro do município.
Informações do G1 

Postar um comentário

  © Augusto Urgente De olho na Notícia! by Augusto Jacobina 2013/2017 - Contato: (74) 9125-2490 / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP