Denúncia contra Temer e ministros deve ser analisada em votação única, defende Maia

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Foto: Marcos Corrêa/PR
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu durante coletiva nesta segunda-feira (25) que a denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral de República (PGR) contra o presidente Michel Temer e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência) seja votada de forma única, sem fatiamento por pessoa ou crime.

“Para mim é muito claro que é uma votação só, o precedente é esse, e a peça foi encaminhada de forma única [pelo STF]”, disse. A possibilidade de fatiamento havia sido levantada por alguns parlamentares depois da chegada da denúncia à Câmara, na última quinta-feira (21). Na sexta (22), contudo, a Secretaria-Geral da Mesa autuou o processo de forma única.

Maia falou com jornalistas após se reunir por cerca de duas horas com a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia. O democrata negou, contudo, ter discutido o tema com ela, embora não tenha informado qual foi a pauta do encontro.

Fonte: Metro1

Postar um comentário

  © Augusto Urgente De olho na Notícia! by Augusto Jacobina 2013/2017 - Contato: (74) 9125-2490 / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP