Após ser adiada por duas vezes, leitura de segunda denúncia contra Temer é realizada na Câmara

terça-feira, 26 de setembro de 2017

A leitura da nova denúncia contra o presidente Michel Temer oferecida pela Procuradoria Geral da República (PGR) foi lida no plenário da Câmara dos Deputados na tarde desta terça-feira (26). A leitura foi feita pela segunda secretária da Mesa Diretora, deputada Mariana Carvalho (PSDB-RO), em sessão extraordinária nesta tarde. A leitura havia sido adiada por duas vezes por falta de quórum. São necessários a presença de pelo menos 51 deputados dos 513 para a abertura da sessão. O procedimento é uma das etapas necessárias para que a pauta seja votada.

Antes da sessão, a deputada Mariana pontuou que a primeira denúncia contra o presidente tinha 60 páginas e levou duas horas e 45 minutos para ser lida. A segunda ação tem 260 páginas e a leitura deve se prolongar por mais de seis horas. Como foi aberta uma sessão extraordinária e ela só pode ter duração máxima de 4 horas, uma nova sessão deve se agendada para finalizar a leitura.

Na nova acusação, Temer foi denunciado ao Supremo Tribunal Federal (STF) sob a suspeita de ter praticado os crimes de organização criminosa e obstrução de Justiça. Após a finalização da leitura, Temer será notificado. A denúncia só segue para análise do STF com a autorização da Câmara dos Deputados. São necessários os votos de pelo menos 2/3 dos deputados para que isso aconteça. A acusação chegou à Câmara na última quinta (21) e a previsão é que a votação aconteça em outubro, conforme anunciou o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ). 

Fonte: Metro1

Postar um comentário

  © Augusto Urgente De olho na Notícia! by Augusto Jacobina 2013/2017 - Contato: (74) 9125-2490 / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP